Pinhel

Pinhel2018-03-07T17:17:23+00:00

brasao-pinhelO concelho de Pinhel tem uma área de aproximadamente 482 Km2. Integra a zona de planalto que se estende para norte da Guarda. O território do concelho de Pinhel, com uma altitude média de 300m, é atravessado por inúmeros cursos de água que correm para norte em direcção ao rio Douro. Destacam-se dois cursos de água que limitam o concelho a Oeste e a Este, respectivamente: a ribeira do Massueime e o rio Côa que cortam abruptamente o planalto, formando vales encaixados onde poderão ser observados alguns exemplares protegidos de fauna e flora.

Constituído por 27 freguesias o concelho de Pinhel destaca-se pala riqueza paisagística e patrimonial que o caracterizam. O equilíbrio da paisagem humanizada e a coloração da paisagem que evidencia no período de Primavera e Outono dão-lhe uma expressão forte e bela. Torna-se uma paisagem cativante quando observada dos muitos montículos que caracterizam o território pertencente a este concelho.

Mas o concelho de Pinhel apresenta também um conjunto muito significativo de testemunhos arqueológicos e históricos. Às muitas estações arqueológicas atribuídas a períodos anteriores à romanização, há que juntar as referências a locais romanizados. Recentemente foi descoberta uma estação romana que possui pavimentos decorados com mosaicos. Durante a época medieval e moderna foram edificados alguns testemunhos que dão a Pinhel o epíteto de cidade falcão Guarda- mor de Portugal. O castelo, os muitos solares, igrejas e capelas, as pontes são atracções turísticas que deliciam todos quanto nos visitam.
Assumindo-se como um concelho próspero, com dinamismo económico que assenta na riqueza endógena, vinha, azeite e exploração de granitos não tem, contudo, conseguido inverter o decrescimento populacional que tem afectado as regiões do interior do país.

Em termos económicos o concelho de Pinhel pode caracterizar-se como um concelho essencialmente rural, onde a agricultura e a criação de gado ocupam um espaço fundamental na economia familiar de tipo tradicional.
A indústria extractiva de granitos (granito cinzento de Pinhel) e a de produção de calçado e a de transformação e comércio de carnes são as actividades que têm impulsionado a economia local.

São estas particularidades que poderão ser observadas quando percorremos as estradas municipais, longe da confusão das estradas principais e dos grandes centros urbanos que deleitam os pinhelenses e aqueles que nos visitam, que dão ao concelho de Pinhel a imagem de um concelho com vida.